Zanon escolhe seleção feminina de basquete, que tenta voltar ao pódio no Pan

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Sem pivôs que foram para a WNBA, treinador insere veteranas como Kelly e Gilmara no grupo que viajará para Toronto

Isabela Ramona é um dos principais nomes do grupo selecionado por Zanon
Fiba Americas/Divulgação
Isabela Ramona é um dos principais nomes do grupo selecionado por Zanon

O técnico Luiz Augusto Zanon fechou a lista das 12 jogadoras convocadas para defender a seleção brasileira feminina de basquete nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. O torneio feminino será disputado entre os dias 16 e 20 de julho. O grupo é formado por Carina Martins, Débora da Costa, Tainá da Paixão e Tássia Carcavalli (armadoras); Isabela Ramona, Izabella Sangalli, Jaqueline Silvestre e Patrícia Ribeiro (alas); Fabiana Caetano, Gilmara Justino, Karina Jacob e Kelly Santos (pivôs).

Leia também: Em Toronto, Rafael inicia busca por ouros que faltam à família Luz no basquete

Zanon não poderá contar com as quatro pivôs que atuam na WNBA (Érika, Nádia, Damiris e Clarissa. Depois do insucesso colhido no Mundial da Turquia, de onde voltou com a décima colocação, o treinador abdicou de um processo mais amplo e radical  de reformulação e preferiu recorrer a algumas veteranas, como Kelly dos Santos, Karina Jacob e Gilmara.

"Definimos a equipe buscando manter uma variação maior no elenco tático, dentro da filosofia de amadurecimento desse grupo. Deixamos claro o nosso objetivo para elas e esperamos o máximo desse grupo. Permanecemos com a grande responsabilidade no processo de amadurecimento, dentro da importância de disputarem os jogos e assim somar experiência a um grupo jovem. Optamos por formar a equipe com uma variação maior entre as jogadoras. São meninas jovens mescladas com algumas experientes, no caso as pivôs. Estamos esperançosos na busca do melhor desempenho dessa seleção nos Jogos Pan-Americanos em Toronto", disse Zanon, que acumula o cargo com o comando da equipe masculina de São José.

O Brasil está no Grupo A do Pan e estreia contra os Estados Unidos no dia 16 de julho. Os outros adversários do grupo são Porto Rico e República Dominicana. A chave B é formada por Canadá, Cuba, Argentina e Venezuela.

O basquete feminino brasileiro não sobe no pódio do Pan desde a edição de 2007, no Rio de Janeiro, onde foi vice. A última vez em que o país conquistou o ouro foi nos Jogos de Havana, em 91, ainda com Paula, Hortência e Janeth.

Leia tudo sobre: Toronto 2015Jogos Pan-Americanosbasquete

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas