Ouro no tênis, Natalia Mayara será porta-bandeira no encerramento do Parapan

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Amputada aos dois anos de idade, tenista em cadeira de rodas participou de seu segundo Parapan. Em Toronto, subiu no topo do pódio nos torneios de duplas e individual

Aos 21 anos, Natalia disputou seu segundo Parapan na carreira
Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
Aos 21 anos, Natalia disputou seu segundo Parapan na carreira


A tenista em cadeira de rodas Natalia Mayara será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento dos Jogos Parapan-Americanos. Medalhista de ouro nos torneios femininos de duplas e de simples, a jovem, de 21 anos, foi escolhida pelo Comitê paralímpico Brasileiro para carregar a bandeira brasileira no evento que será realizado na Nathan Phillips Square, região central de Toronto.

Campeã do torneio de duplas ao lado de Rejane Cândida, na quinta-feira, Natalia venceu também a chave de simples nesta sexta, ao superar a norte-americana Kaitlyn Verfuerth, por 2 sets a 0.

Natalia teve que amputar parte das duas pernas aos 2 anos de idade, quando foi vítima de um atropelamento por um ônibus em sua cidade natal, o Recife. Permaneceu internada no hospital por mais de quatro meses. Aos 12 anos, começou no tênis em cadeira de rodas e, aos 17, participou de seu primeiro Parapan, Guadajalara 2011.

Atualmente é a tenista número um do Brasil e ocupa a 24ª colocação no ranking mundial.

Confira imagens dos atletas brasileiros em ação no Parapan de Toronto:

Flavio Reitz compete na prova do salto em altura T42.. Foto: Washington Alves/MPIX/CPBVeronica Hipolito e Jenifer Silva fizeram dobradinha nos 200m T38, com vitória de Veronica. . Foto: Washington Alves/MPIX/CPBO tênis de mesa do Brasil foi dominante neste Parapan, com sucesso no individual e na disputa por equipes. Foto: Leandra Benjamin/MPIX/CPBJoaquim Cruz corre como guia de Ivonne Mosquera, dos Estados Unidos. Foto: Washington Alves/MPIX/CPBNatalia Mayara e Rejane Cândida comemoram a medalha de ouro pelo tênis em cadeira de rodas. Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPBBrasil vence a Colômbia pela semifinal do vôlei sentado: 3 sets a 0, com facilidade . Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPBBrasil vai à final do vôlei sentado após fácil vitória sobre a Colômbia. Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPBCamille Rodrigues (acima) ganha a final dos 100m costas S9. . Foto: ©Marcio Rodrigues/MPIX/CPBHarley Pereira ficou sem medalha pela categoria até 81kg. Foto:  Marcelo Regua/MPIX/CPBLauro Chaman foi medalha de ouro pela Classe C5. Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPBLauro Chaman comemora o ouro pela categoria C5 do ciclismo de estrada. . Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB


Leia tudo sobre: Toronto 2015ParapanTênis

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas